Buscar

O verdadeiro vendedor - Empatia

Atualizado: Mar 23

Sabe o que isso significa? De verdade?


O verdadeiro vendedor é empático.


Qualquer um pode ser vendedor, mas vendedores de elite são poucos. Tornar-se um vendedor de elite é um verdadeiro desafio. É necessário muito autoconhecimento, mudar o seu mindset é aprender habilidades que antes você nem sabia que existiam.


Oi? Como assim? Você deve estar se perguntando.

Eu explico: para ser um bom vendedor você precisa desenvolver a habilidade da #empatia.


Se você trabalha em uma fábrica de chocolate, você não vende só chocolate. Você vende momentos de prazer para outras pessoas. Percebe como pensar assim muda tudo?


Não se trata de apenas entender o outro. É muito mais do que isso. É colocar-se no lugar do outro, entender o mundo com os olhos e os sentimentos dele.


Não é dizer: “Ah, mas se fosse comigo eu…”. É dizer: “Hmm… Entendi como você estava se sentindo, no seu lugar teria feito a mesma coisa”.


Para interiorizar essa habilidade é necessário conhecer-se melhor. Reconhecer o que é seu e o que é da pessoa pela qual você está sentindo empatia, enquanto vocês conversam.


Uma relação de duas pessoas - por mais simples que ela seja, mesmo uma conversa entre cliente e vendedor, por exemplo - as duas se misturam. Se você não se conhece, não consegue ter clareza de até onde você vai e onde a outra pessoa começa.


Comportamentos, pensamentos, emoções se misturam sem que você perceba. Você se projeta na outra pessoa e ela em você. Ambos identificam-se e criticam-se inconscientemente o tempo todo.



Isso é natural e poucos percebem. E mesmo que percebam não conseguem fazer muita coisa com essa informação. Como disse no início, não é para qualquer um. É necessário muito tempo e desenvolvimento dessa habilidade. Não é à toa que poucos que se tornam a elite.


Mas não só isso, depois desse árduo caminho, tem mais. Você precisa desenvolver novas habilidades. A habilidade de usar isso a seu favor na hora de vender. A habilidade de #influenciar as pessoas.


Hoje isso está quase mais fácil, cada vez menos as pessoas se contentam com um trabalho que apenas pague um bom salário. As pessoas estão atrás de um lugar com o qual se identifiquem. Um lugar que amem trabalhar. Um lugar que tenha propósito, além de pagar o bom trabalho.


Resultados das buscas mais realizadas em torno do tema.


Então, se você é um recepcionista de hotel, por exemplo, você não é só um recepcionista. Você está presente em momentos de intensa alegria. Você participa de momentos inesquecíveis nas vidas de milhares de pessoas.


Com isso em mãos você pode fazer milagres. Pode influenciar as pessoas com maior intensidade e para coisas boas, positivas. Use isso a seu favor, mude a vida das pessoas.

Mas lembre-se, não é só isso. Esse é só o primeiro passo.

0 visualização
Iniciativa Eyes

 © 2019 - Iniciativa Eyes - acelerando negócios