Buscar

Ferramenta de criação de Processo Seletivo - SolucioneRH



Durante a nossa atuação no mercado uma dor era recorrente nas empresas, independente do segmento: o Processo Seletivo. Grande parte dos profissionais são contratados pelo perfil técnico e demitidos pelo comportamento, junto à isso, três em cada quatro brasileiros mentem no seu currículo.

Cada vez mais são lançados no mercado ferramentas para ajudar na seleção, mas boa parte deles funciona com inteligência artificial. É ela quem determina, em boa parte das vezes, com base no currículo que a pessoa envia para a empresa, se aquela pessoa está adequada a vaga ou não. Algumas têm incluído em seu sistema testes de personalidade para enquadrar o candidato num perfil imutável e limitado.

Basear-se somente no currículo já se mostrou, há um bom tempo, uma forma de recrutamento ineficaz, ela não atende as necessidades da empresa e nem as do candidato. Todos saem perdendo com esse ciclo infinito de contratação, treinamento, desligamento e nova contratação. Perde-se muito tempo, dinheiro e energia nesse processo.

Da mesma forma, contratar por um perfil pré-definido pode ser mais prejudicial do que ajudar no processo de contratação. Pessoas que possuem um perfil relacional, por exemplo, não considera outras habilidades que a pessoa possa ter. Essa mesma pessoa pode ser organizada, metódica e ser ótima trabalhando num escritório. Um comportamento não exclui o outro. Cada ser humano é único e pode ter habilidades diferentes e se identificar com vários tipos de trabalho.


Quem se cadastra em várias ferramentas, em grande parte repositórios de currículos com perfis comportamentais pré estipulados, sabe o quanto é frustrante não receber ao menos e-mail de participação. Quantas são as pessoas que se cadastram em dezenas de sites que prometem ajudar a pessoa a se recolocar no mercado de trabalho, escrevendo todas as vezes as mesmas coisas, como o nível de escolaridade, últimos empregos, quais cursos realizou, para nada acontecer depois.

Chegamos num ponto no qual pessoas estão elaborando cursos, palestras e workshops de como montar um currículo que chame a atenção dos recrutadores. Se você parar para pensar um pouco, isto é até triste. Todo o seu esforço, a sua experiência e o seu brilho no olho são apagados porque é necessário fazer “floreios” em seu currículo para que isso chame a atenção do recrutador.

Será que é esse, realmente, o caminho que as empresas e setores de recrutamento querem seguir? Ser reféns de empresas repositórias de currículos, de suas inteligências artificiais, olhar dezenas, quiçá, centenas de currículos todos os dias e agendar o mesmo número de entrevistas? Tudo isso para se deparar com dezenas de pessoas que não tem o perfil ou o conhecimento necessário para o que a empresa precisa naquele momento.

Pensando em tudo isso nós, da Iniciativa Eyes, decidimos quebrar esse ciclo que, para nós, está adoecendo e tirando a humanidade dos processos seletivos. Criamos uma ferramenta que incentiva as empresas a pensarem em qual é o seu propósito de existir e a externalizar qual é a sua cultura, ou seja, quais são os valores e as atitudes importantes para o negócio e implementar esses conceitos no processo seletivo.


O SolucioneRH, ferramenta de criação de Processos Seletivos, é totalmente personalizável. Com ele o gestor do processo tem total liberdade para definir ou elaborar perguntas e vinculá-las aos valores e atitudes que ele quiser avaliar dos candidatos. Ele pode criar perguntas objetivas e discursivas e convidar pessoas para fazer parte do time de avaliadores. Os avaliadores, assim como o gestor, avaliam as perguntas discursivas e deixam um comentário para cada candidato para ajudar na decisão.

Caso o candidato passe da fase do questionário o sistema conta com uma agenda que manda e-mails para o candidato, agendando uma data para uma entrevista online ou presencial. Passada essa etapa a ferramenta incentiva o gestor a elaborar um desafio prático para que ele possa avaliá-lo na prática.

Cada processo seletivo é único. Avalia o perfil comportamental dos candidatos a partir de perguntas e categorias que fazem sentido para o seu negócio. Possibilita compartilhar tudo em seu site, na aba “Trabalhe conosco”, nas redes sociais, ou em qualquer lugar. A ferramenta dá poder às empresas e aos RH’s e tiram a dependência de outras empresas, bem como otimiza consideravelmente o trabalho das pessoas. A ferramenta se torna um poderoso filtro assertivo de candidatos.


Dezenas, centenas ou milhares de pessoas podem passar pelo processo seletivo. A empresa pode definir, por exemplo, que quem irá passar para a etapa de entrevista serão apenas os candidatos que atingirem 80% da pontuação do questionário. Dessa forma, a empresa poderá chegar há um número bem menor de candidatos que passarão para a próxima etapa. Isso torna o processo mais assertivo e economiza tempo, dinheiro e energia. Além disso, os candidatos filtrados serão os mais conectados com a cultura da empresa.


Com uma seleção mais assertiva é interessante manter os talento por mais tempo na empresa. Ainda é muito comum as empresas contratarem apenas pessoas que estejam interessadas em ficar vários anos trabalhando lá e, neste ponto, vale considerar que o tempo médio de permanência em empresas referências como Google, Facebook e Apple é de apenas 2 anos.

Então, para manter um time de alta performance por mais tempo a empresa precisa se preocupar com práticas além do Processo Seletivo. Como serão os primeiros dias deles na empresa? A empresa possui um processo de Onboarding?


Pensar em tudo isso fará toda a diferença. Manter o interesse dos colaboradores não acontece apenas fazendo um bom processo seletivo, a cultura deve ser incorporada em todos os detalhes do negócio.


Que tal começar hoje mesmo?


20 visualizações
Iniciativa Eyes
iniciativaeyes_linkedin_corporativo_negó

 © 2019 - Iniciativa Eyes - acelerando negócios